segunda-feira, 14 de julho de 2014

Étienne de La Boétie - "A culpa pelo governo é sua, seu merda"

Quando somos pequenas crianças ou adolescentes e estamos vendo aulas de História ou Filosofia que se passam no começo da Idade Moderna (isso se você foi à escola, se não foi, talvez seja eleito presidente), algum professor mais estudado ou detalhista vai tocar no nome de um filósofo muito esquecido por grande parte da população: Étienne de La Boétie.  Eu conheci seu nome em uma aula de Filosofia e todo o conteúdo que me foi passado foi um parágrafo de quatro linhas. É um pesar saber que seu pensamento e sua abstração que dará motivo a este post é tão desconhecido, principalmente porque ele há quase quinhentos anos já fundamentava uma das principais teses libertárias e questionava o poder do Estado e sua existência, justamente em uma época onde as monarquias nacionais absolutistas estavam nascendo e os contratualistas ainda estariam por vir.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

A desigualdade social é justiça pura.

Uma característica é intrínseca ao capitalismo e essa, por sua vez, é a desigualdade social. Muitos tentarão mostrar como ela é "exploradora", "injusta", "opressora" entre outros inúmeros adjetivos - constantemente, pejorativos. - Entretanto, o texto tenta trazer o seguinte ponto: "A desigualdade é justa e natural." 

terça-feira, 8 de abril de 2014

Privado vs Público = Veloster x Fusca. O porquê.

É comum vermos exemplos e ouvirmos sobre a forma em que o setor privado é superior ao público, entretanto, eu acho que não muito comumente pensamos no porquê disso ocorrer. Dissertarei sobre isso.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Trocas voluntárias não precisam de saqueadores.

Uma das maiores mentiras que os estatistas levam é que o "capitalismo necessita do estado". Bom, isso é uma falácia.

O capitalismo é não passa de trocas voluntárias. O estado é o monopólio da força em um território. Bom... Dá pra ver que não são termos que necessitam um do outro necessariamente, correto? Entretanto, o pior de tudo nesta falácia, é que a verdade é justamente o contrário. O estado destrói o capitalismo. Vamos imaginar:

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Vamos orar para você cuidar de sua vida.

Eu irei tentar ser o mais imparcial possível, visto que em outro artigo meu, sobre as drogas, problemas decorreram pelo meu trecho onde eu discorri, brevemente, acerca de minha visão pessoal.